Célia Travassos

Célia Travassos nasceu em 1907, filha de Hilarina Ribeiro Travassos e José Travassos Sarinho sempre foi de dedicação extrema nas tarefas de ajuda ao próximo numa época em que ser espírita era ainda muito difícil, pois o preconceito com a doutrina Espírita era muito forte nessa época. Apesar das dificuldades a nossa irmã enfrentou tudo sempre com amor e coragem.

Foi companheira de tarefa mediúnica de Antônio Loreto Flores e destacou-se pela dedicação com que visitava e tratava enfermos.

No ano de 1943 a nossa irmã já participava das reuniões no antigo Centro Espírita Amor e Caridade na Av. do Contorno (BH), carinhosamente chamado de Centro Irmão Flores, teve participação também nos primórdios do Centro Espírita Oriente. Nossa mentora não se casou e dizia: “não me preocupei em casar porque encontrei a doutrina espírita”. 

Desencarnou em 15 de setembro de 1969 aos 62 anos. Deixou exemplo de amor e dedicação à Doutrina Espírita e a todos que necessitavam de amparo.

Célia Travassos incansável trabalhadora na seara do bem hoje é mentora da equipe de Visita aos Lares da FEIG.