Irmã Rosália 

Temos conhecimento sobre a encarnação de irmã Rosália através do relato do querido mentor Ênio Wendling que convive com ela no campo espiritual. Conta que Rosália esteve encarnada durante a Primeira Guerra Mundial como enfermeira belga, chamava-se Érica e deixou posição social estável para trabalhar na República dos Camarões (África) junto ao Dr. Albert Schweitzer logo após a primeira guerra . Nutria grande empatia para com os nativos, principalmente com os doentes de hanseníase (Lepra), vindo a desencarnar com essa doença.

Durante a fluidificação de águas, em momentos de prece, Rosália se transfigura em uma senhora negra, robusta, em vestimentas brancas. Emite intensa luz que envolve os recipientes d’água energizando e medicamentando o seu conteúdo.

Que a presença de nossa querida Rosália na Casa de Glacus seja sempre fortalecida em seus propósitos mais elevados e continue a medicamentar as nossas águas que muito reequilibra a nossa saúde física e espiritual. 

Nossa amiga possui belas conquistas espirituais cooperando na tarefa de fluidificação de águas às 21 horas nas reuniões públicas realizadas às quintas-feiras.

Irmã Rosália é também mentora da Equipe de Visita aos Lares da FEIG.