Jacques Aboab

Jacques Aboab nasceu no dia 15 de abril de 1889 em Constantinopla, atual Istambul, capital da Turquia. Filho de Clarisse Aboab e Benedito Aboab viveu sua infância na Argélia ao norte da África.

Já na adolescência mudou se para França onde iniciou o trabalho de vendedor ambulante. Aprendeu o Francês com certa facilidade. Percorreu todo país, desde a Bretanha ao Mídi e do Atlântico à Lorena, ganhando a vida nessa laboriosa tarefa.

Esteve ainda em muitos outros países como vendedor ambulante, andou por países da Europa e do Oriente próximo, principalmente a Grécia e o Egito. Posteriormente viajou para a América do Sul.

Finalmente fixou-se definitivamente no Brasil. Com o seu espírito nômade passou por todo o país, repetindo aqui a sua experiência da França, na constante lida pela sobrevivência.

Com seu baú de miudezas, ia de porta em porta. Nessas andanças conheceu a Doutrina Espírita, em Recife (PE). De fé judaica não tinha nenhum tipo de discriminação e a convite de amigos visitou a “Casa dos Espíritas de Pernambuco”, fazendo seu primeiro contato com a doutrina.  Tornou se adepto sincero e fervoroso.

Transferindo-se para o Rio de Janeiro (RJ), em definitivo, e iniciou seu trabalho no “Ide e Pregai” levando sua palavra e a sua infinita fé nas promessas de Jesus aos centros espíritas. Em julho de 1946, em sua loja na rua Moncorvo Filho, fundou o Grupo Espírita André Luiz, hoje situado na rua Jiquibar na Praça da

Bandeira em sede própria. Logo começou a ser solicitado como orador de semanas Espíritas, confraternizações e outros acontecimentos. Viajou por vários estados do Brasil levando a sua palavra evangelizada. Onde quer que tivesse uma semana Espírita lá estava o Jacques, como ave canora, com sua ternura e seu amor.

Como espírita deixou uma folha enorme de serviços prestados. Fundou várias instituições, trabalhou e cooperou eficientemente na certeza absoluta da imortalidade da alma dando tudo de si. Muito se destacou na tarefa de pregador com sua maneira dócil e interpretativa dos textos e parábolas evangélicas.

No Grupo Espírita André Luiz trabalhou por vários anos ao lado do médium Peixotinho, com a sua mediunidade de efeitos físicos produzindo materializações e curas. Foi diretor da Maternidade Casa da Mãe Pobre, respeitável instituição que teve todo seu trabalho e dedicação.

De inabalável índole, seus atos condiziam com os ensinamentos pregados. Muitos o chamavam de papai Jacques, tal o respeito e a admiração que sua figura infundida na alma de seus amigos, principalmente da mocidade pela qual era muito querido e estimado.

Desencarnou na cidade do Rio de Janeiro em 05 de fevereiro de 1969, aos 79 anos de idade. 

Jacques Aboab é mentor espiritual na FEIG em uma das reuniões de Educação Mediúnica, aos sábados. Para nós é uma alegria compartilhar de sua presença espiritual “ombro a ombro e lado a lado”.

LUCENA, Antônio de Souza; GODOY, Paulo Alves. Personagens do Espiritismo. São Paulo: Edições FEESP, 1982. (Adaptado)