Meimei

Irma de Castro Rocha nasceu em 22 de outubro de 1922 na cidade de Mateus Leme (MG), filha de Adolfo Castro e Mariana de Castro, teve mais quatro irmãos Ruth, Alaíde, Danilo e Carmem. Manifestou precocemente acentuada inteligência e amor às letras. 

Ficou órfã de pai aos cinco anos. Era extremamente modesta e de espírito elevado, puro e simples. Apesar de seu enorme amor aos estudos, por motivos de saúde, teve de abandonar o curso na escola Normal de Itaúna no segundo ano. 

Mais tarde, com sua irmã Alaíde, transferiu-se para Belo Horizonte para trabalhar e lá conheceu Arnaldo Rocha, com quem se casou aos 22 anos de idade. Adorava crianças. Por complicações de problemas nos rins perdeu uma das vistas, além de não pode ter filhos. 

Meimei tinha a mediunidade clarividente, conversava com os espíritos e relembrava cenas do passado. Era comum vê-la,  por exemplo, lendo um livro e de repente ficar com o olhar perdido no tempo nesses instantes, Arnaldo olhava-a de soslaio e pensava que a esposa estava a delirar. Não sabendo como lidar com esses assuntos Arnaldo cortava o diálogo pedindo para que ela deixasse para lá, pois para ele quem morria deixava de existir.

Meimei desencarnou no dia 01 de outubro de 1946, aos 24 anos. Sua morte precoce se deu devido à nefrite crônica que sofria desde criança.

Quase dois meses após a sua morte Arnaldo, que não era espírita, avistou na rua o médium Chico Xavier a quem havia sido apresentado há muitos anos. Chico então se aproximou dele e o abraçou e então disse “Nossa querida princesa Meimei quer muito lhe falar”. Meimei era uma forma carinhosa de tratamento que apenas o casal conhecia, e que fora por eles adotada após Arnaldo ter lido um conto chamado “Um momento em Pequim”. A expressão meimei significa “amor puro” em chinês. Não havia como Chico saber disso. Naquela mesma noite, Meimei deixou sua primeira mensagem psicografada, na casa de amigos espíritas, em Belo Horizonte.

Através da mediunidade de Chico Xavier, muitas outras informações chegaram ao coração de Arnaldo, sobre a trajetória espiritual de Meimei.  Dessa nova aliança um jovem incauto e materialista recebeu consolo para suas dores. Presentes do céu foram materializados para dirimir sua solidão. Pelas evidências do sobrenatural incentivos nasceram para o estudo da Doutrina Espírita, surgindo por conseqüência, novos amigos que indicaram ao jovem viúvo um caminho diferente das conquistas na terra.

Arnaldo tornou-se então um colaborador do Chico e fundou o Centro Espírita Meimei. Muitos são os fatos narrados envolvendo a interferência amorosa de Meimei, que muitas vezes é vista pelos médiuns vestida de noiva, com a invulgar beleza, que lhe é peculiar.

Meimei de espírito altamente amoroso e culto, que se tem dedicado mais particularmente à assistência à infância manifesta-se, quase sempre, inundando o ambiente em suave e delicioso aroma de flores, mais particularmente rosas.

Em 03 de Agosto de 1977 Meimei psicografou, através de Chico Xavier, sete páginas apoiando a obra (ainda por editar) do livro Retalho do Morro pelo espírito de Monteiro Lobato, recebida pela médium Marilusa. Dado seu carinho com a China, ainda dedicou a forma de ilustrar a obra com uso de sombras (arte milenar chinesa) e orientou quanto à utilização das figuras para avaliação do aprendizado das crianças.

O Espírito de Meimei, tem inspirado os espíritas para seguir o Caminho, a Verdade e a Vida eterna. O Benfeitor Emmanuel nos ajuda a agradecer esse valoroso espírito, a doce Meimei das criancinhas, na introdução do livro Palavras do Coração (Ed CEU)com o pensamento que sintetiza a gratidão dos trabalhadores do Espiritismo Evangélico em todo o Brasil com uma poetisa do bem.

As criações de Meimei, em torno das mais variadas experiências humanas, sempre nos suscitam a idéia de que a nossa querida irmã, simbolicamente, possui o coração em forma de harpas, em cujas cordas ela compõe formosas e sábias lições, reais melodias em prosa nas quais somos impulsionados para as Esferas Superiores da Vida.”  

Existem muitos livros ditados por Meimei através de Chico Xavier. Entre outros: Pai Nosso, Amizade, Palavras do Coração, Cartilha do Bem, Evangelho em Casa, Deus Aguarda e Mãe.

Meimei abraçou a tarefa como mentora da Evangelização Infantil em nossa Casa, tendo todos nós certeza que vem zelando pelas crianças com muito amor.

Prece – Meimei

Senhor, ensina-nos a oferecer-te o coração puro e o pensamento elevado na oração. Ajuda-nos a pedir, em Teu Nome, para que a força de nossos desejos não perturbe a execução de Teus desígnios. Ampara-nos, a fim de que o nosso sentimento se harmonize com a tua vontade e que possamos, cada dia, ser instrumentos vivos e operosos da paz e do amor, do aperfeiçoamento e da alegria de acordo com a Tua Lei.

Assim seja

http://bit.ly/30XDMCK

www.redeamigoespirita.com.br/group/meimei-espirito-de-luz/forum/topics/meimei-um-amor-das-estrelas