Pedro de Camargo

Pedro de Camargo nasceu dia 7 de maio de 1878 na cidade de Piracicaba (SP). Filho de Antônio Bento e Sebastiana do Amaral Camargo, era o quarto dos cinco filhos do casal. Os seus primeiros anos de escolaridade foram feitos no Colégio Piracicabano, educandário de orientação metodista. 

Os estudos bíblicos eram metódicos no Colégio Piracicabano de maneira que Pedro se tornou um dos maiores entusiastas dessa matéria, tornando-se mais tarde uma das maiores autoridades em palestra evangélica. Começou a trabalhar no comércio com os irmão mais velhos ainda criança, logo depois do falecimento do pai, para ajudar em casa. 

Depois de algum tempo decidiu abrir sua própria casa comercial de ferragens com uma secção especial para armas de fogo, a qual deu o nome O Garrafão e que posteriormente passou a se chamar Duas Âncoras. A loja rendeu-lhe bons frutos e conseguindo manter uma vida econômica estável ajudava a todos que batiam em sua porta. Casou se com Elisa Runcke que desencarnou precocemente e desse casamento tiveram uma filha, Martha. 

No ano de 1904 foi fundada em Piracicaba a primeira instituição espírita da cidade com o nome de Igreja Espírita Fora da Caridade não há Salvação. Dentre os seus fundadores salientava-se a figura veneranda de João Leão Pitta. O funcionamento dessa tradicional instituição acarretou a esse pioneiro uma série de perseguições movidas por inspiração de outras entidades religiosas, chegando a ponto de não conseguir nem mesmo um emprego, tão necessário para o amparo de sua família, a qual ficou mais de um ano na iminência de completo desamparo.

Um ano mais tarde, em 1905, Pedro interessou-se pelo Espiritismo uma vez que nele encontrou a solução para tudo aquilo que constituía incógnitas em seu Espírito. Tomando conhecimento do que sucedia com Leão Pitta, prontamente o empregou em sua loja. Nessa mesma época desfez se também da secção de armas de fogo que representava apreciável fonte de renda em seu estabelecimento comercial.

Casou se novamente e com Messiota de Campos Pereira teve cinco filhos. Pedro desenvolveu em sua cidade natal profícuo e intenso trabalho de divulgação das verdades evangélicas à luz da Doutrina Espírita, passou então a usar o pseudônimo Vinícius, que perdurou por mais de cinquenta anos. Durante muitos anos Pedro presidiu a Sociedade de Cultura Artística de Piracicaba tendo a oportunidade de levar para lá muitos artistas famosos.

No ano de 1938 transferiu seu domicílio para a cidade de São Paulo. Ali substituiu o confrade Moreira Machado na presidência da União Federativa Espírita Paulista e com Thietre Diniz Cintra fundou uma escola para evangelização da infância e juventude, tendo para tanto elaborado normas e diretrizes para esse gênero de educação.  

Em 1939 tornou-se um dos diretores do programa radiofônico Espírita Evangélico do Brasil levado ao ar diariamente através da rádio Educadora de São Paulo. 

Em 1940 quando a União Federativa Espírita Paulista fundou a Rádio Piratininga, emissora de cunho nitidamente espírita, Vinícius foi eleito seu diretor-superintendente e em companhia de outros valores do espiritismo paulista, orientou aquela emissora e seu programa espírita diário até o ano de 1942. Nessa época Vinícius já havia se integrado na Federação Espírita do Estado de São Paulo, tornando-se um dos seus conselheiros e ali introduzindo as suas “Tertúlias Evangélicas” realizadas todos os domingos de manhã com apreciável assistência que invariavelmente super-lotava o salão.

Durante muitos anos, foi delegado da Federação Espírita Brasileira em São Paulo representando-a em todas as solenidades onde a sua presença se fazia necessária. Quando a Federação Espírita do Estado de São Paulo, em março de 1944, lançou “O Semeador” Vinícius foi designado seu diretor-gerente, cargo que desempenhou durante mais de uma década. Vinícius foi assíduo colaborador de numerosos órgãos espíritas fundado e presidindo muitas instituições, ajudando sempre na Seara divina.

Pedro de Camargo desencarnou no dia 11 de outubro de 1966 em São Paulo, aos 88 anos.

VINÍCIUS – BIOGRAFIA. [S. l.], 24 abr. 2014. Disponível em: VINÍCIUS – BIOGRAFIA. Acesso em: 16 jul. 2019.

LUCENA, Antônio de Souza; GODOY, Paulo Alves. Personagens do Espiritismo. São Paulo, Novembro 2009. Disponível em: http://bit.ly/2Y5WF8I. Acesso em: 16 jul. 2019

Foto extraída do site da Federação Espírita do Estado de São Paulo – página “Jornal O Semeador”